Hoje resolvi trazer um modelo de tapete diferente, quis sair do tradicional crochê e arriscar algo no tricô. E o resultado foi este lindo tapete de barbante em tricô:

Fiz um par de tapetes para que sirvam de adorno das laterais da cama, sem contar que ninguém merece pisar no chão frio de manhã cedo! Isto, jamais!

Amei a textura que a trama de tricô adquiriu!

 

Neste trabalho eu utilizei:

  • 1 par de agulhas de tricô nº6;
  • 1 agulha de crochê de 5 mm;
  • 1 cone de barbante Soberano Eco Brasil, na cor 23 Salmão (dependendo da tensão que você emprega em seu ponto, vale a pena comprar 2 cones porque meu ponto é mais apertado e foi a conta certa para fazer um par).

Primeiro trabalhei em tricô, da seguinte forma:

  • coloquei 70 pontos na agulha;
  • trabalhei a trama em 10 pontos de tricô e 10 de meia, repetindo a sequencia até o fim dos pontos, fiz assim por 10 carreiras e, então, inverti os pontos, para 10 de meia e 10 de tricô (sempre seguindo a sequencia), para formar os quadradinhos de cada ponto (como pode ser observado na foto acima);
  • quando eu contava com 11 quadradinhos de altura, arrematei.

E ficou assim:

 

Então passei à finalização da peça com a franja de crochê, a fiz com 10 correntes + 1 picô (3 corrente com um ponto baixíssimo que a fecha em um pequeno anel) + 10 corrente e um ponto baixíssimo para unir a franja no tapete. Assim:

 

Como o barbante é bem grosso (seu nº de ordem é 8), optei por fazer cada corrente de franja a cada 2 pontos da trama do tapete. Se a franja ficar muito juntinha, dá a impressão de bagunçada, prejudica muito a estética.

Fazer estes tapetes foi bem rápido e simples, sem contar que amei a cor deste barbante!

Gostou da receita? Então, não perca tempo e venha tecer também!