Olha só que luxo é este vestido de crochê com pala de flores bordadas! Utilizei seu gráfico como base, mas, como sempre, modifiquei algumas coisas…

Modelo original.

Quando o vi, imediatamente pensei na minha irmã, achei que o modelo casaria perfeitamente com o formato do corpo dela. Logo, o confeccionei como seu presente de aniversário.

Parabéns irmãzinha!!!!!! Felicidades!!! Apesar de atrasado…

Mais uma vez, minha irmã posando como modelo de uma peça minha.

Este vestido de malha, rosa, que ela está usando por baixo não é o verdadeiro forro do vestido de crochê. Ela só o utilizou para mostrar, nas fotos, o caimento do vestido frente aos diferentes motivos que ele possui. O forro real será vermelho um pouco mais claro que a cor do fio. Se o vestido já estivesse com o forro verdadeiro, não ia dar para ver os motivos do peito e da saia, como aconteceu nas fotos do vestido original. Certo?!

Achei esta inspiração no site Crochelinhasagulhas , no link do vestido com os gráficos e fotos originais: http://crochelinhasagulhas.blogspot.com.br/2014/12/vestido-vermelho-em-croche.html . Lá tem muito mais fotos deste vestido e muitos outros.

Recomendo muito o Crochelinhasagulhas, já vi um monte de receitas de vestidos e blusas que me dão até coceira nas mãos de vontade de fazer!!! Estão de parabéns com a seleção de receitas publicadas, só coisa boa!!!

Inclusive, estive tanto tempo ausente porque estava fazendo coisas novas para postar. Aguardem!

Para confeccionar a peça, utilizei:

  • agulha de crochê 1,5 mm;
  • 6 cones do fio Ciganinha vermelho CG05: usei 2 fio juntos para dar a espessura de fio que eu precisava;
  • 132 cristais para os miolos das flores (utilizei um mix de pérolas e bolinhas transparentes).

Comecei tecendo a pala, cujo modelo era…

Foto que utilizei para calcular a cava do braço.

A pala do vestido da minha irmã ficou assim:

Nas costas, coloquei um botão de pérola e não fiz os acabamentos em picô, que o modelo original trazia no gola e nas mangas.

Frente, com um panorama geral da pala.

Detalhe das correntes de flores junto a gola. Bordei os miolos das flores com pérolas e bolinhas transparente.

Detalhe das flores do peito. Elas são importante para dar um encaixe mais anatômico aos seios, adapta a diferentes tamanhos.

Porém,  percebi que se seguisse a receita, a gola ficaria estreita e não caberia no pescoço (por causado trapézio) de minha marombada irmã, então resolvi aumentar uma corrente em cada motivo:

Na corrente onde inicia o trabalho (na base da imagem), ao centro do motivo só há uma corrente no intervalo que está vazio, aumentei para 2 correntes em todos os motivos.

Demonstração de como ficou a base da minha pala, com as 2 correntes vazias no meio de cada motivo.

Para fazer as flores, em si, interpretei o gráfico da seguinte forma (nas fotos mostro como fiz a parte do peito, mas a pala é similar):

  • Fiz 8 correntes;

As correntes de flores são feitas em continuidade, não há corte na linha!

  •  Então fiz mais 3 correntes e em seguida as prendi com 1 ponto baixo na 8ª corrente;

  • Sobre o ponto baixo fiz mais 3 correntes e prendi novamente com outro ponto baixo na 8ª corrente, repeti o procedimento novamente, o que totalizou 3 pétalas da flor;

  • Então fiz 16 corrente (conforme o gráfico) e prendi com ponto baixo novamente sobre a 8ª corrente e, sobre ela, fiz as outras 3 pétalas do outro lado, da mesma forma que descrevi acima, fiz mais 7 correntes (a 8ª corrente do começo é descontada porque ela virou o miolo da flor) e prendi à base.

Na foto não aparecem as correntes do início porque estavam presas entre meus dedos, tive que fazer isso para mostrar bem como a flor fica. As flores são feitas em continuidade com o vestido, a linha não é cortada!

 Após terminar a pala percebi que as flores não estavam muito legais, o miolo estava com um buraco, então resolvi colocar pérolas/bolinhas em seus miolinhos. Deu outra vida!!!!

Florzinha triste e sem miolo.

Finalizando a pala, utilizei a foto que indiquei do começo para saber o momento de fazer a cava. Então, fiz 2carreiras de pontos altos ao redor da pala,  fiz 35 correntes (medi este espaço no corpo na minha irmã) para dar o espaço da cava e segui o gráfico para as flores do peito, estas flores também foram bordadas, intercalando pérolas e bolinhas.

Foto de como a cava ficou, abaixo das correntes da cava fiz mais 2 carreiras de pontos altos e passei os gráfico do peito.

Gráfico do peito:

Então, passei a tecer o corpo seguindo o gráfico acima.

Estes intervalos numéricos que aparecem no canto direito do gráfico são os números das carreiras. Acredite, isto ajuda muito no cálculo dos espaços entre os aumento.

Detalhe do corpo. Perceba como os motivos aumentam.

Como o original ficou.

Segui o gráfico, exceto nos trios de picô, os substitui puramente por correntes porque minha irmã tem pavor de algo que dê volume na área da cintura. Então tive que fazer uma “lipoaspiração” no modelo e retirar os trios de picô.

Corpo do vestido. O clip laranja marca o 1º aumento e o roxo marca o 2º.

Fiz retinho por 18 carreiras, então fiz 2 aumentos em cada motivo. Dei este espaço de 18 carreiras para dar a medida de chegar ao quadril, onde os aumentos são realmente necessários.

Fiz os aumentos nas carreiras de pontos altos simples para não dar volume.

Segui fazendo mais 8 carreiras e fiz mais 2 aumentos em cada motivo.

Neste 2º aumento dá para ver melhor o lugar onde fiz os 2 pontos altos saindo do mesmo ponto de base.

Fiz mais 10 carreiras e passei ao gráfico da saia. Desta vez segui o gráfico à risca (Aleluia!!!)!

Abaixo do quadril, passei a tecer o motivo da saia, ela ficou mais rodada.

Trabalhei o motivo por 11 vezes, para a saia ficasse um pouco acima do joelho. Na última carreira, só fiz 1 picô e não os 3 que deveria fazer a pedido da irmã. Como fiz o vestido sob medida, ela deu pitaco a torto e a direito!

Depois de pronto:

Frente. Mostrando como ele ficou discreto e comportadinho. Um bom vestido para ocasiões mais formais.

Costas. O fato do vestido ser mais rodado abaixo do quadril deu uma pegada mais vintage. Adicionou um pouco mais de charme a peça.

Adorei a realização desta receita! Como o vestido tem muitos motivos diferente, ele não torna a execução monótona. Cada pedacinho dele é um desafio diferente!

Como a pala e o peito são muito vazados, ele é bem econômico quanto à linha, apesar da saia gastar bastante. Deu uma compensada, né.

O que acharam de mais este vestido? Deixe seu comentário com a sua opinião ou sua dúvida.

Um monte de beijos!

Em breve teremos novidades para o inverno! Sem medo de ser feliz até no frio!

E no vemos no próximo post! Até mais!