Olá minha gente! Sabe quando você está com aquele trabalho que não fica pronto nunca? Aquele que demora tanto que parece uma gestação de elefante? Pois é, fiquei agarrada desse jeito com este vestido longo em crochê. A culpa não foi do modelo, a execução é bem simples. Aqui tivemos um conjunto de culpas: eu não comprei linha suficiente (tive que parar tudo até comprar o resto da linha) e tive que parar a execução diversas vezes e por muitos motivos (muita coisa pra fazer, fazer outro vestido para dar de presente, viagem etc).

Vamos parar de colocar a “culpa nas estrelas” e vamos ao que interessa: a receita do vestido!

Como forro, usei aquele vestidinho rosa bebê de malha, aquele de sempre. :)

Para dar caimento na cintura coloquei um cinto/faixa “obi”. Para dar uma valorizada na cintura.

 Esta era a foto original da receita.

O original é mais curto e tem umas camadas. Omiti para não ficar dando volume.

Na execução do trabalho utilizei:

  • 4 cones do fio Fabriella amarelo FG24;
  • agulha de crochê de 2mm.

As instruções originais da receita:

“Criação – Lilian Kimura
Execução – Maria Aparecida Dourado
Tamanho – 40/42

Material
• Linha Camila (nov. 1000 m): 4 nov. na cor 0000N (preto).
• Ag. para crochê de aço niquelado Corrente Milward de 1,75 mm.
Abreviaturas e pontos utilizados: ag. – agulha; arrem. – arrematar; carr. – carreira; corr. – correntinha;
p.bx. – ponto baixíssimo; p.b. – ponto baixo; p.a. – ponto alto; picô – 3 corr., 1 p.bx. laçando a 1ª corr.;
trab. – trabalhe.

Ponto fantasia 1 (pala) – acompanhar o respectivo diagrama.
Ponto fantasia 2 – acompanhar o respectivo diagrama.
Ponto fantasia 3 – acompanhar o respectivo diagrama.
Ponto fantasia 4 – acompanhar o respectivo diagrama.
Ponto fantasia 5 – acompanhar o respectivo diagrama.

Leques 1 – acompanhar o respectivo diagrama.
Leques 2 – acompanhar o respectivo diagrama.
Leques 3 – acompanhar o respectivo diagrama.

Acabamento 1 – acompanhar o respectivo diagrama.
Acabamento 2 – acompanhar o respectivo diagrama.

Execução

Do papel, faça um molde para frente e costas.
Todo o trabalho será executado com fio duplo.
Pala e mangas – monte 232 corr., feche o anel com 1 p.bx. e trab. ao redor em p. fantasia 1 (8 motivos).
Após concluir a 14ª carr., arrem.. Para formar as cavas, coloque a peça sobre o molde e marque os
14 cm de cada lado. Feche as cavas com 1 cordão com 25 corr. de cada lado, prenda as pontas dos cordões
nas marcações.

Parte inferior – trab. em p. fantasia 2 (6 motivos) ao redor da pala e cordões de corr.. Após concluir a 8ª carr.,
rep. mais 2 vezes desencontrando os motivos de leques. Continue o trabalho acompanhando o p. fantasia
3 até a 8ª carr.. Continue o trabalho acompanhando o p. fantasia 4 até a 9ª carr.. Após concluir a 9ª carr.,
rep. mais 1 vez desencontrando os motivos de leques. Continue o trabalho acompanhando o p. fantasia 5 até
a 9ª carr.. Trab. o acabamento 1. Após concluir a 4ª carr., arrem..

Montagem e acabamento

Trab. os leques 1 contornando a 14ª carr. do p. fantasia 1.
Trab. 1 carr. de p.b. na base da cava.
Trab. os leques 2 contornando a 8ª carr. dos p. fantasia 2 (3 vezes) e p. fantasia 3.
Trab. os leques 3 contornando a 9ª carr. do p. fantasia 4 (2 vezes).
Trab. o acabamento 2 ao redor do decote.
http://www.coatscrafts.com.br”.

Para ler os gráficos:

Estrutura do vestido:

Fiz as 232 correntes, fechei com um ponto baixíssimo e passei a executar o 1º diagrama de motivos de leques, o fiz por uma única vez.

Nas alças, no lugar 4 correntes, fiz 5 correntes. Ficou bem melhor.

Minha pala ficou assim:

Atenção nas alças de 5 correntes, de que falei acima.

Então, passei a fazer as cavas para os braços, fiz as 25 correntes e distribui os pontos do 2º diagrama na cava da seguinte forma:

Observe como eu distribui os pontos baixos sobre as correntes.

O 2º diagrama de motivos. Ele foi executado por 3 vezes para formar o tórax do vestido.

Já vou mostrar a forma que usei para dar acabamento nas mangas, fiz o acabamento do gráfico abaixo, mas não fiz a disposição exata dos ponto por que estava deixando a manga muito repolhuda. Resolvi que queria a manga mais apertada, então pulei alguns pontos de base.

Parte de trás…

…Abaixo do ombro…

…Parte da frente. Como está de lado, dá pra ver que o acabamento deu uma fechada na boca da manga.

Posteriormente, encaixando na 3ª execução do diagrama 2, executei por 1 vez o diagrama 3 que está na área do quadril.

Então executei o diagrama 4 por 2 vezes.

Pois é, agora chegamos ao ponto crítico, foi onde eu “pirei meu cabeção”: era para eu ter feito 1 vez o diagrama 5, mas resolvi tornar o vestido longo e repeti este diagrama por 6 vezes (isto porque sou baixinha, se você for mais alta, repita mais vezes).

A receita fala de um monte de acabamentos, mas eu só coloquei o acabamento da barra (o acabamento 1), não coloquei estes acabamentos ao final dos motivos porque achei que daria volume e “xamais” darei volume na cintura!

Não coloquei este acabamento. Volume na cintura, “xamais”!

Agora um panorama geral do vestido, sem o cinto/faixa, para dar noção de todos esses leques.

Sem o cinto, fica muito largo na cintura.

Muito leques!

Modificações:

  • As alças dos diagramas (todos) foram feitas com 5 correntes, no lugar de 4 correntes, como recomendava o gráfico;
  • Não fiz os acabamentos ao final dos motivos para não dar volume e nem na gola;
  • Fiz longo (repeti o último diagrama por 6 vezes).

Amei o resultado deste vestido, ainda vou fazer outro deste, só que curto.

Agora não, cada vez que fecho os olhos só vejo leque! ;)

Espero que tenham gostado desta receita. Faço tudo isto com muito carinho, pensando em vocês!

O que você achou? Está com dúvidas? Deixe um comentário! A opinião de vocês é muito importante para mim!

Um grande beijo e nos vemos no próximo post!